[ editar artigo]

7 dicas para ajudar o bebê a andar

7 dicas para ajudar o bebê a andar

De repente, aquele bebezinho gordinho e pequenino descobre que cresceu, que só quer ficar de pé, e não é que arrisca dar os seus passinhos por aí?

Aprender a andar é um dos processos mais incríveis pelos quais a criança passa em seu desenvolvimento. Acompanhar isso de perto é um privilégio para os pais. Coisa mais lindinha ver aqueles pés de bolinho descobrindo a melhor maneira de se equilibrar e de ir para frente, não é mesmo?

Mais legal ainda é poder apoiar essa grande aventura que nunca mais terá hora para acabar.

A ansiedade é grande. Os pais precisam se controlar para não forçar a barra e atravessar um processo que precisa ser liderado pela criança. Caso contrário, ele pode não se completar corretamente e deixar reflexos em comportamentos e hábitos ligados à locomoção.

Você sabe como ajudar o bebê a andar? Nós vamos dar 7 dicas que vão estimular seu filho e não vão atrapalhar este ciclo tão importante.

1. Para começar, puxe o freio

O seu freio. Os adultos se estressam quando comparam um irmão com o outro, um primo com outro e com os filhos dos amigos. Esqueça as comparações. Cada criança tem seu ritmo para aprender a andar. Dos 9 meses aos 18 meses qualquer hora é hora.

2. Solte o freio

O do bebê. Deixe ele livre para explorar o ambiente, seus movimentos e as possibilidades do corpo. Sim, até ficar de pé e caminhar, ele vai cair, rolar, levantar e cair de novo. Para ajudar o bebê, os pais devem ser a voz do estímulo e da liberdade.

Ele precisa experimentar a textura e a temperatura do chão. Sentir se prefere andar de meia, ou descalço. Aprender a cair. E você precisa deixar e incentivar. Isso é o que ajuda o bebê a andar.

3. Torcida

Nada ensina mais o que o bebê deve fazer do que o estímulo positivo. Incentive, estimule, não deixe ele desistir. A chance de a criança se frustrar e se estressar é grande. O papel da mãe e do pai aqui é confortar e lembrar que caiu, levanta. Sempre dá para arriscar mais um passinho.

4. Mão na mão

Para ajudar o bebê a andar, dê sua mão a ele. O simples ato de dar a mão à criança dá um grande sinal para ela do que pretende fazer. Levantem juntos e comecem a caminhar. Primeiro, com as duas mãos nas mãos dela. Depois, com uma mão só.

5. Segurança


Abra espaço, tire os objetos pequenos do caminho, proteja quinas e deixe o chão livre. Sim, o bebê vai cair nesse processo de começar a caminhar. Se a área estiver liberada, caso ele tropece ou se desequilibre, não vai se machucar.

6. Não se assuste e não assuste o bebê

Sem pânico se ele cair enquanto aprende a andar. Seu grito pode desestimular a criança a andar. O corpo do bebê é muito flexível e acolchoado. Não vai acontecer nada grave.

7. Lugar diferente

Leve o bebê para dar os primeiros passinhos em lugares diferentes. Pode ser um parque, uma brinquedoteca ou mesmo uma casa diferente da sua. As novidades do lugar podem ser um bom estímulo para o pequenino caminhar.

Se você ainda se emociona lembrando de quando viu uma criança aprendendo a andar, compartilhe o conteúdo desse post nas suas redes sociais. Se ainda lembra de quando seu filho deu uns passinhos por aí, compartilhe ainda mais.

Cada vez que você passa boa informação para frente, ajuda um pai, uma mãe e uma família inteira a apoiar o filho nessa aventura que é caminhar.

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você