Amamentação em locais públicos: você já teve dificuldades?
[editar artigo]

Amamentação em locais públicos: você já teve dificuldades?

Toda mamãe sabe de uma coisa: se o bebê está com fome, ele não escolherá o lugar e a hora para mamar, não é mesmo? O pequenino simplesmente manda o seu sinal — o choro! Até porque alguém imagina um bebezinho pensando “ah, acho que agora não é um bom momento para mamar, vou esperar um pouquinho mais”. Nem dá para imaginar!

Brincadeiras à parte, ainda que essa seja uma necessidade vital e repetida ao longo dos séculos da história da humanidade, ainda tem gente que acha estranho ou mesmo inadequado uma mulher amamentando no shopping, parque, transporte público e, pasmem, em um hospital!

Pois é, isso é mais comum do que muitos pensam. Quer ter certeza disso? Faça uma rápida pesquisa nos grupos de mães das redes sociais ou pergunte às amigas, não será difícil encontrar alguém que já tenha sido repreendida por amamentar seu bebê ou então foi alvo de olhares julgadores.

Esse vídeo, ainda que seja um experimento social, mostra um pouco do que pode sim ocorrer em todos os lugares.

 

As coisas começam a mudar...

Bom, mas nem tudo é só julgamento e falta de bom senso. Atualmente, existem diversos grupos que promovem os chamados “mamaços” para compartilhar a importância da amamentação materna e também para empoderar mulheres para tomarem a decisão que considerarem melhor para alimentar seu bebê.

Mais um movimento que indica um sinal de novos tempos é que até mesmo o Papa Francisco, durante um batizado na Capela Sistina (Itália), em 2015, informou que todas as mamães poderiam amamentar ali mesmo os seus bebê. Independentemente da religião que cada um siga, um líder de respeito como ele, abordando o tema, é porque é importante mesmo, não é?

Além disso, pelo menos na cidade de São Paulo, desde 2015, os estabelecimentos que proibirem as mulheres de amamentar em suas dependências, pagarão multa de R$ 500,00. Quem passar por algum tipo de situação desse tipo na capital paulistana, poderá fazer uma denúncia.

E ainda, tem os #brelfies — selfies de amamentação — postados nas redes sociais com essa hashtag como uma forma de chamar atenção para um ato que deve ser considerado natural. Porém, tem quem considere isso uma atitude de superexposição desnecessária. O que você acha?

E você, qual é a sua experiência com a amamentação em público?

Até aqui você pôde acompanhar um pouquinho sobre esse tema importante que é a amamentação em locais públicos, ,mas agora, que tal participar da conversa?

Compartilhe a sua história — já sofreu com olhares questionadores sobre a sua atitude? Quais são as suas dicas para outras mamães que possam vir a passar por algum tipo de constrangimento? Tem alguma mensagem de incentivo?

E claro, se você por vontade própria e não por imposição de outros, prefere lugares mais reservados para amamentar, também divida as suas opiniões!

 

 

Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Continue lendo
Indicados para você