Como evitar enjoos durante a gravidez?
[editar artigo]

Como evitar enjoos durante a gravidez?

No comecinho da gravidez, a barriga ainda está pequena, a cintura continua no lugar, os seios cresceram um pouco e a mulher tem um pouco mais de sono que o habitual. Tudo está tão parecido com o estágio anterior que nem parece que a mulher está gestante. Quer dizer, um detalhe nessa fase pode mudar tudo: o enjoo.

Provocado pela mudança nos hormônios (aumento de uns, diminuição de outros), os enjoos durante a gravidez são um marco e uma etapa a atravessar com paciência e bom humor. Eles alteram a sensação de fome, que pode aumentar ou diminuir, a relação com o olfato, a salivação e a própria digestão.

Nem toda mulher enjoa

Antes de continuarmos falando de enjoo e de como minimizá-lo, é importante você saber que nem toda mulher enjoa e não há nada de errado com isso. Enjoo durante a gravidez não é sinal de saúde. É possível enjoar e ter uma gestação complicada e é possível não enjoar e tudo correr muito bem.

Acredite, o enjoo passa

A segunda notícia é: não vai durar para sempre. Em geral, no início do quarto mês, os enjoos somem e a mãe nem vai lembrar deles, por mais que tenha sido uma experiência forte, com náuseas e vômitos.

Fique tranquila

Por isso, relaxe. Se não dá para evitar completamente — já que não controlamos a circulação hormonal — dá para minimizar bem. Com um pouco de criatividade, a mulher dá um perdido nos enjoos durante a gravidez e atravessa a fase com histórias para contar e umas boas dicas e risadas para compartilhar.

Descubra a causa

A primeiríssima providência é a mãe descobrir o que provoca enjoo nela. Descobriu? Respeite e evite. Há quem enjoe com cheiro de sabonete, gosto da manteiga, textura da pasta de dente e etc. Não é frescura. Insistir no uso e na convivência com o que enjoa pode piorar a sensação de náusea, a inapetência e levar ao vômito, que pode provocar, inclusive, desidratação.

Em geral, a manhã é a parte do dia mais delicada. O corpo está acordando, precisamos ter paciência com ele e alimentá-lo. Por isso, vale a pena comer algo salgado e seco ainda antes de levantar da cama. Uma bolacha água e sal, por exemplo.

Alguma dicas

Bebidas geladas, não doces, dão uma "anestesiada" no sistema digestivo e permitem um alívio imediato nos enjoos durante a gravidez. Água gelada, limonada pouco adoçada, água de coco ou chá funcionam bem. Numa emergência, chupar gelo, ou picolé de frutas ácidas batem um bolão.

Alimentos ardidos, como pimenta e gengibre, estimulam a digestão, mas também aumentam a salivação. Experimente. Se funcionar, use com moderação. Se não funcionar, passe para a próxima dica.

Hidrate-se

Beba muita água. Além de manter o corpo hidratado, a água mantém a digestão em funcionamento, o que alivia a sensação de peso na barriga. Evite comidas gordurosas, coma porções pequenas e muitas vezes ao dia. Pela mesma razão que beber água, fracionar reduz os enjoos durante a gravidez. O aparelho digestivo está lento e sobrecarregado, por isso comer aos poucos vai ajudar no estufamento e no cansaço.

Se você já passou da fase dos enjoos, certamente aprendeu alguns jeitinhos para driblar o mal-estar. Que tal comentar aqui no post e completar as informações para os outros leitores? Trocar e ensinar vai ajudar muito quem está prestes a entrar nessa fase ou está bem no meio dela. Basta fazer o cadastro no Alô Bebê Club e comentar aqui embaixo!

TAGS
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Continue lendo
Indicados para você