[ editar artigo]

O que é essencial levar ao sair de casa com o bebê?

O que é essencial levar ao sair de casa com o bebê?

Sair de casa com o bebê exige mesmo uma logística delicada. Ao mesmo tempo que não pode faltar nada de que o pequeno possa precisar, andar carregado demais é um transtorno e dificulta até os cuidados mais simples. Por isso, nós preparamos uma lista bem básica com o que é essencial.

O item número 1 é algo para acomodar e carregar o bebê. Pense no lugar onde estarão. É amplo ou ao ar livre? Pode ser o carrinho de bebê, então. Se o local não tem onde o bebê possa comer ou tirar uma soneca, novamente o carrinho é um bom aliado. Se for aquele compatível com o bebê conforto, melhor ainda.

Agora, se o espaço é mais apertado, como um restaurante cheio de mesas, aí vale a pena avaliar outros métodos: sling e canguru podem resolver bem a situação, dependendo do tamanho e do peso do seu filho. É legal ser um carregador fácil de colocar e tirar caso o pai ou a mãe saiam de casa sozinhos com o pequenino.

Definido o carregador, o item 2 para sair de casa com o bebê é a bolsa. O mais recomendável é que seja uma só, com divisões onde caiba tudo o que for necessário dentro dela e nos bolsos laterais. Hoje em dia, muitas famílias estão optando por mochilas, que são mais práticas para carregar, têm muitas divisões internas e bolsos externos, o que facilita a organização.

O que levar dentro da mochila quando sair de casa com o bebê?

1 – Fraldas: leve uma para cada hora que estará fora. O normal é que, com esse cálculo, sobrem fraldas. Esse número deve aumentar se o bebê for à praia ou piscina, porque precisa estar sempre de fralda seca, ou se tiver diarreia, porque precisa ser trocado sempre que fizer cocô.

2 – Lenço umedecido: como não é certeza que haverá um banheiro com trocador no lugar aonde você vai, prefira os lencinhos ao algodão com água quando sair de casa com o bebê.

3 – Creme de assadura: se precisar trocar, vale fazer o serviço completo.

4 – Álcool gel: para o adulto passar na mão antes e depois de trocar a fralda do bebê.

5 – Alimentação: se o bebê mama no peito, é mais fácil. Basta achar um canto mais sossegado, abrir a blusa e amamentar. Nesse caso, é legarl ter uma garrafa de água para a mãe, porque amamentar dá sede.

Se o bebê usa mamadeira, é preciso levar as doses da fórmula para o período; em geral, é uma para cada duas ou três horas de intervalo. Existem potes especiais para carregar a fórmula já na medida que o bebê toma. No mesmo pote, dá para colocar três doses para fazer o leite.

Também é importante ter a água filtrada e fervida à mão, numa garrafinha. Se seu bebê gosta que o leite esteja mais morno, existem aquecedores portáteis que funcionam com cabo USB ou podem ser ligados na tomada.

Refeições

Sair de casa com o bebê também obriga os pais a pensar nas refeições. Se a criança já come alimentos sólidos, é importante levar o almoço já pronto e fracionado num prato próprio, com tampa. Se o destino tem micro-ondas, tranquilo. Caso contrário, também existem aquecedores elétricos para prato de bebê.

Não se esqueça de levar talheres, guardanapo de pano ou fraldas e álcool gel para limpar sua mão e a do bebê antes e depois da comilança. Se o período for mais curto, mas pegar a hora do lanche da criança, leve a fruta ou o pãozinho já cortados e descascados em vasilha própria, com tampa hermética. O mesmo vale para o suco ou para a água, que podem estar direto na mamadeira ou numa garrafinha.

Ainda não acabou!

6 – Roupas extras: a quantidade depende do tempo que passarão longe de casa. Mas duas mudas costumam bastar. Como o tempo é imprevisível, vale levar uma camiseta mais leve e um casaquinho para a volta.

7 – Extras: sair de casa com bebê pequeno pede precaução, por isso ter uma manta leve à mão ajuda. Vai que ele dorme ou que o tempo vira?

Quando o bebê tem mais de 3 meses, brinquedos levinhos e que ajudam a passar o tempo também ajudam. Escolha os dois mais queridos e pendure na mochila, no carrinho ou na cadeirinha do carro. Se seu filho tem um bichinho inseparável, também vale incluir na bagagem.

Por fim, um saco plástico salva a pele da mãe ou do pai naquelas situações improváveis: quando não tem lixo para descartar a fralda, quando é necessário separar uma roupa molhada ou muito suja e etc.

Agora é sua vez de contar quais são os itens sem os quais você nem sai de casa com o bebê. Comente aqui embaixo do post. A gente quer saber: o que você acredita que é essencial levar e nós esquecemos de citar?

TAGS
Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você