[ editar artigo]

Qual a importância do mordedor para o bebê?

Qual a importância do mordedor para o bebê?

Você sabia que a escolha do mordedor influencia diretamente no bem-estar do seu bebê? O item deve ser colocado com prioridade na lista do enxoval e escolhido com muito carinho. Além de aliviar o desconforto do nascimento dos primeiros dentinhos, ele complementa as necessidades da fase oral da criança!

Quando dar o mordedor para o meu filho?

O indicado é entre os 3 e os 6 meses é, pois essa fase abrange o despontar da dentição e a vontade de levar tudo o que apanham à boca.

Quais os benefícios dessa prática?

Usar um mordedor poderá ser útil, não apenas para minorar o incômodo sentido pelo bebê mas também para responder à sua necessidade oral, cedendo um objeto seguro, que ele não possa engolir e que não tenham fibras ou pequenos objetos passíveis de serem inalados. Outra vantagem importante do seu uso é que o ato de morder promove o treino e o fortalecimento da musculatura que será usada mais tarde na mastigação.

Quais tipos de mordedores existem?

Esse produto pode ser classificados em 3 tipos, dependendo da fase de dentição do bebê.

  • Mordedores da 1ª fase: criados para quando saem os incisivos

  • Mordedores da 2ª fase: desenhados para a aparição dos pré-molares

  • Mordedores da 3ª fase: pensados para quando surgirem os molares

A respeito dos materiais e formas, podemos dividir em duas grandes categorias:

  • De borracha: resistem à mordida e sua textura é suave, embora firme.

  • De silicone: geralmente são refrescantes, pois possuem água no seu interior. Produzem um alívio nas gengivas do bebê, já que o frio funciona como uma leve anestesia.

Importante

Na hora da compra, escolha um modelo feito de materiais laváveis e cuja limpeza seja simples e segura. Por norma, a esterilização deve ser feita com água quente.

Detalhando...

Fase oral

Por volta dos três ou quatro meses de idade, o bebê passará a colocar tudo na boca: as mãozinhas, os brinquedos, os acessórios que o cuidador estiver usando etc. Para eles, aprender é uma experiência sensorial e isso inclui o paladar. Portanto, colocar tudo na boca significa que estão procurando saber mais sobre o mundo que os rodeia. Na fase que pode se estender até os 18 meses, a boca serve para identificar o gosto e a textura dos objetos.

A sensação no aleitamento materno é tão prazerosa que o bebê busca outras formas de conseguir prazer, como levar objetos, mãos e dedos à boca.

Primeira dentição

Quando os dentinhos começam a nascer?

Em média, o primeiro dente de leite surge entre os 6 e os 9 meses de vida do bebê.

Principais sinais

Além do aumento da salivação e das gengivas avermelhadas e inchadas, existem algumas características de comportamento que os pequenos apresentam quando os dentinhos estão para nascer. Confira:

Irritação

Por conta do desconforto, o bebê fica mais agitado. O que afeta diretamente o humor, o sono e, consequentemente, a rotina da família.

Perda de Apetite

Quando o bebê suga há uma maior afluência de sangue à gengiva. Como neste período ela está inchada e machucada, isso só aumenta o desconforto. Por conta disso, alguns bebês podem apresentar dificuldade ou até mesmo rejeitar o seio, configurando essa “falsa” perda de apetite.

Esse post foi útil para você? Então acesse a Comunidade Alô Bebê e fique por dentro de todo o nosso conteúdo! Aguardamos a sua visita!

TAGS

mordedor

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você