[ editar artigo]

Qual é a idade certa para os pequenos ajudarem nos afazeres domésticos?

Qual é a idade certa para os pequenos ajudarem nos afazeres domésticos?

Motivar as crianças a ajudar em casa não só permite que elas aprendam habilidades que serão usadas por toda a vida como também as ensina a terem um maior senso de responsabilidade, leva-as a desenvolverem empatia e a se tornarem mais independentes e autoconfiantes. Mas com qual idade devemos começar a delegar pequenos “trabalhos” aos nossos filhos? E que tipo de atividade é mais adequada para as diferentes faixas etárias?

Pequenos ajudantes

Inúmeros estudos já evidenciaram os benefícios que a participação em tarefas domésticas pode trazer tanto para a educação da garotada como para seu desenvolvimento socioemocional. Uma pesquisa conduzida com 84 crianças que foram acompanhadas em quatro fases (na pré-escola e com 10, 15 e 20 anos de idade) revelou que aquelas que começaram a ter responsabilidades domésticas mais cedo, por volta dos 3 ou 4 anos, mostraram uma maior tendência a terem relacionamentos interpessoais mais saudáveis e sucesso acadêmico, além de serem adultos mais autossuficientes.

LEIA MAISComo ensinar meu filho a tomar banho sozinho?

Quanto antes as crianças começarem a assumir responsabilidades, melhor — e, com base no estudo que mencionamos, podemos delegar tarefas desde bem cedo. É óbvio que ninguém nasce sabendo como lidar com os afazeres domésticos, então é vital que os pais participem no início, mostrando aos filhos como as atividades devem ser realizadas, de um jeito leve e de maneira que eles entendam a ocupação como algo prazeroso e divertido. E os pequenos podem começar desde bem… pequenos!

Com 2 anos, as crianças já podem cuidar dos próprios brinquedos, recolhendo e colocando os itens no lugar correto com a supervisão dos adultos. Nessa idade, também podem ser motivadas a colocar suas roupas no cesto de roupas sujas e levar suas fraldas ao lixo apropriado. Com 3 e 4 anos, já podem ajudar a pôr a mesa, levar o próprio prato até a pia depois de comer e auxiliar na arrumação da cama. Nessa faixa etária, também podem ajudar a colocar alguns objetos da casa no lugar e guardar determinados itens da louça, devem ser motivadas a guardar seus sapatos e suas peças de roupa, além de escolher o que vão vestir.

Dos 5 aos 6 anos, os pequenos têm capacidade para entender melhor quais são suas responsabilidades, então, com a supervisão dos pais, eles podem ser incumbidos de dobrar as próprias roupas e arrumar a cama, por exemplo, assim como tirar o pó da casa, pôr a mesa, ajudar a retirar os pratos depois das refeições e separar o lixo. Uma atividade que eles certamente vão adorar e encarar como diversão ao invés de obrigação é aguar as plantas ou regar o jardim.

Com 7 e 8 anos, as crianças já conseguem lidar com tarefas um pouco mais elaboradas e podem começar a ajudar a limpar o próprio quarto, arrumar a mesa, carregar e guardar compras de supermercado e até cuidar de um animal de estimação. Além disso, podem ser colocadas para lavar louça, varrer ou passar aspirador na casa, lavar o quintal e pendurar roupas no varal.

LEIA MAISEducação financeira infantil: como ensinar os pequenos?

Lembrando que, no início, as crianças precisam de orientação e supervisão para realizar as tarefas, e os pais devem ter cuidado para não criticá-las demais, ficar corrigindo tudo o que elas fizerem nem refazer seu trabalho, já que isso pode desmotivá-las — e a realização das atividades jamais deve ser associada a incentivo financeiro! Ademais, para estimular a garotada, uma dica é transformar as obrigações em jogos, e para isso basta usar a imaginação.

Você tem algum conselho para oferecer? Divida conosco e compartilhe este post com outros pais!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você