[ editar artigo]

Tudo o que você precisa saber sobre o primeiro banho do bebê

Tudo o que você precisa saber sobre o primeiro banho do bebê

Quando a família volta — completa — da maternidade, um novo ciclo se abre. Tudo é novidade e descoberta para a mãe, o pai e o bebê. Juntos, e respeitando as características de cada um, vão construir uma nova rotina que inclui muito trabalho e muito chamego.

Nesse novo cenário, um dos maiores desafios é o banho do bebê. Mais ainda, o primeiro banho do bebê dado pelos pais, em casa, depois dos dias no hospital.

É, ao mesmo tempo, um momento delicado e lindo, mas com alguns cuidados e atenções, dá para fazer o primeiro banho do bebê sem aprontar nenhuma trapalhada e curtindo bastante (mesmo que seu filhote esteja chorando).

Banho é bom?

A primeira informação que os pais devem ter em mente é: não precisa limpar demais. O primeiro banho do bebê serve para tirar a poeira do hospital e para iniciar os cuidados de higiene. No entanto, o bebê naturalmente não se suja muito, por isso o banho pode ser uma vez por dia e sem muito desespero.

Há pediatras que sugerem que, em dias mais frios, nem precisa dar banho, porque retirar a roupa e sujeitar o recém-nascido a correntes de vento pode ser mais perigoso do que ficar meio porquinho.

Como dar o primeiro banho do bebê?

Encha a banheira até a metade, com água a 37 graus. Termômetros próprios para banho são bons amigos. Mas, na falta dele, use seu antebraço. A água deve ter a temperatura do corpo, nem fria demais, nem quente demais. Só tire a roupa do bebê quando a banheira estiver cheia. E não atravesse o corredor com o bebê sem roupa. O ideal é despi-lo já no local onde tomará banho.

Segure pelas costas e vá introduzindo o bebê devagar. A água deve ficar na altura do tórax do menino ou da menina, pernas totalmente mergulhadas.

Molhe o corpo, passe sabonete líquido — próprio para recém-nascidos, sem cheiro e testados dermatologicamente — na sua mão e então esfregue os braços, o tórax, as costas, a parte genital e as pernas. Não é necessário fazer muita espuma. Enxague passando a mão e sinta se o sabonete saiu totalmente.

Com um pingo de sabonete e água, passe a mão pela cabecinha do bebê no sentido na testa para a nuca. Cuidado para não cair água nos olhos do bebê. Isso incomoda bastante e ele pode ficar nervoso. Tire o bebê da água e enrole imediatamente numa toalha com toalha-fralda. Banho dado!

Há uma corrente que sugere lavar primeiro a cabeça, com o bebê ainda fora da banheira, porque a água estaria mais limpa e não teria problema entrar em contato com os olhos, nariz e boca. Só depois, entraria com o corpo todo na banheira. Qualquer uma das formas está correta e os pais podem decidir como se sentem mais tranquilos e seguros.

O que é necessário para dar o primeiro banho do bebê?

Uma banheira. Se for com trocador, melhor ainda.

Sabonete líquido próprio para recém-nascidos. Importante ser sem cheiro e anti-alérgico. O bebê está conhecendo o mundo, é melhor estimular menos nesse comecinho.

Toalha com toalha-fralda. Não é legal deixar o bebê tomar corrente de vento e a toalha-fralda tem uma textura macia e própria para a pele delicada do bebê.

Primeiro banho do bebê dado, ele está sequinho e cheiroso. É provável que durma depois de relaxar nas águas mornas da banheira.

Você vai aproveitar, correr até as redes sociais e contar a incrível vitória que sua equipe acabou de conquistar. O primeiro banho do bebê é um marco e merece ser compartilhado!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você