[ editar artigo]

Você sabe a importância do colo para o seu filho?

Você sabe a importância do colo para o seu filho?

Você sabia que o toque entre mãe e filho é crucial para o desenvolvimento do bebê? O mais novo estudo elaborado pela Nationwide Children’s Hospital, nos Estados Unidos, comprovou que o colo é super importante para que o cérebro do pequeno responda rapidamente. Esse contato possibilita uma proximidade única, que faz com que o bebê desenvolva suas funções cognitivas e os sentidos com mais facilidade. Ouvir os batimentos cardíacos, sentir a pele e manter o contato visual faz com que a criança exerça tato, audição e visão com mais intensidade e frequência.

Essa nova pesquisa apenas corrobora a teoria já existente do que ficar com o filho nos braços somente traz inúmeros benefícios para a criança. Levantar os braços e pedir colo já foi interpretado como “manha” por muitos pais, que se recusaram a carregar os pequenos.

Crianças pequenas, especialmente recém-nascidos, não tem maturidade neurológica para fazer birra ou brincar com a boa vontade dos pais. O colo, para eles, é apenas o seu local de refúgio e conforto, e isso se deve pela questão da auto-regulação: é o ambiente onde o bebê regula seus batimentos cardíacos e a sua temperatura corporal.

Os bebês sentem-se em casa no colo da mãe ou do pai, pois ainda guardam uma semelhança com a sua posição e proteção intrauterina. O toque e o carinho ajudam a diminuir o choro e deixar o bebê menos estressado, principalmente no caso de um recém-nascido que precisa passar um tempo na UTI (e longe da mãe) logo ao nascer.

Esse aconchego e calor sentidos pelo bebê também ajuda no alívio de dores! Se ele estiver sofrendo com cólicas por exemplo, uma das alternativas é colocá-lo para amamentar ou então apenas mantê-lo junto do corpo. A temperatura mais quentinha do dos pais aquece a barriga do bebê e relaxa sua musculatura, diminuindo a dor.

São muitos benefícios para um colinho só, não é mesmo? Pensando nisso separamos algumas opções para você diversificar com o seu pequeno!

Pronto para arrotar:

Após a amamentação, é o colo ideal. O bebê aninha-se todo no ombro da mãe, enquanto expulsa o ar engolido com o leite.

Pronto para o passeio:

Seu corpo funciona como uma cadeirinha para o bebê. De costas para você, ele fica apoiado num de seus braços, enquanto o outro o contorna como um cinto de segurança. De olho em tudo, o pequeno adora ficar nessa posição!

De rostinho colado:

Com o bebê de frente para você, segure-o por baixo dos braços com os polegares, usando os outros dedos para sustentar suas costas e sua nuca. Levante-o um pouco, e ele vai brincar de alpinista, escalando sua barriga.

De bruços:

Sustente o bebê virado para o chão, passando uma das mãos entre as pernas dele. O tórax e a cabecinha, levemente elevados, ficam apoiados em seu braço e junto ao seu corpo. É um colo especial para diminuir a dor das cólicas.

Qual o colo favorito do seu filho? Ele gosta muito de ficar nos seus braços? Não há sensação melhor no mundo do que observá-lo todo confortável com a cabeça apoiada em nosso corpo! Como se fossemos um só! Com certeza, muitas mamães e papais estão se privando dessa sensação, achando que colo ainda é "manha"! Compartilhe esse conteúdo para esclarecermos esse equívoco, vamos espalhar informação e amor em família!


 

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você