[ editar artigo]

O que são bebês arco-íris?

O que são bebês arco-íris?

A gestação é um momento muito especial para muitas famílias. Inclusive, viemos diversas vezes conversar sobre assuntos referentes aos cuidados com os pequenos e várias situações que ocorrem após a gestação finalizar. No entanto, um assunto pouco menos discutido – porém igualmente importante – é a existência dos bebês chamados “bebês arco-íris”. Nesse artigo vamos contar o significado da expressão, o seu simbolismo e porque é tão importante falar sobre o assunto.

LEIA MAIS6 dicas para quem está tentando engravidar

Para quem não conhece o termo, os bebês arco-íris são aquelas crianças que nasceram saudáveis e fortes após um trauma muito infeliz na vida de uma família: um aborto ou uma perda prematura de um bebê. Pois é, a triste realidade é que abortos acontecem e não é possível evitar que uma família que esteja buscando acrescentar novos pequenos membros seja abalada por uma situação como essa.

Para muitos pais, a perda prematura de um bebê acarreta um medo para o resto da vida, afetando, inclusive, as próximas gestações a vir. O motivo de chamar esses bebês de “bebês arco-iris” é devido a simbologia que o arco-íris tem de aparecer depois de uma tempestade ou com o tempo fechado e céu cinza.

Afinal, a representação de que o sol sempre volta a aparecer é o que torna o fenômeno tão bonito e difícil de se esquecer. No caso dos pequenos novos membros da família, isso significa que mesmo depois de um momento triste e cheio de incertezas, um bebê saudável e forte chegou, trazendo esperanças renovadas para os papais e mamães que o aguardam.

Bebês estrela e os bebês arco-íris

É claro que para que o arco-íris surja depois da tempestade, infelizmente é necessário passar pela experiência infeliz de um aborto. Os bebês estrela são os filhos tão aguardados, mas que nunca chegaram de fato. Os “bebês estrelas” são chamados dessa forma justamente porque são um momento aguardado e celebrado, mas que – como uma estrela – nunca pode ser alcançado.

Um bebê arco-íris não existe sem o bebê estrela, e um é a representação da tempestade que é seguido pela calmaria de um dia bonito. Como foi dito, a experiência de um aborto é responsável por trazer um medo que pode nunca ser superado e que geralmente está presente nas gestações seguintes também.

LEIA MAISQuais exames o casal precisa fazer antes de engravidar?

Para muitas famílias, o bebê arco-íris não é substituto do bebê arco-íris. Na verdade, o fato é que as mães e pais nunca são realmente curados da perda, mas a questão é que mesmo em meio a dor e a tristeza da perda, é possível superar as más experiências e amenizar o sofrimento.

Os bebês- arco-íris e a esperança que eles representam

Os abortos são mais frequentes do que nós pensamos. Mesmo com a perda, é importante que haja suporte emocional – principalmente para a mãe – e, se possível, o acompanhamento de um profissional na vida das famílias que passam por uma experiência como essa. Cada um sofre e trata do luto de uma maneira muito pessoal, e é importante que exista esse período para que as famílias tenham tempo de se recuperar do trauma.

Quando há tentativas frustradas de engravidar, é também comum existir um sentimento de culpa por parte da mãe – ainda mais quando isso ocorre mais de uma vez. Por isso, é importante não esquecer que é sim necessário tratar do psicológico, uma vez que medo pode se tornar cada vez maior. No entanto, muitas famílias não querem desistir da possibilidade de ter um bebê, é claro que apesar do nervosismo e ansiedade, o sucesso é ainda mais bem-vindo.

O bebê saudável também é uma cura para os pais. A gravidez após um aborto é sempre tomada de forma diferente, com mais cautela, mais atenção e um constante exercício de superação. E quando chega a hora esperada, a sensação de imponência é substituída pela alegria de saber que é possível sim criar uma nova vida.

Apesar de pouco falado, a questão sempre esteve presente

De certo modo, os bebês arco-íris são celebrados de forma diferente de um nascimento comum. E claro, o peso emocional que há em um nascimento especial como esse é muito bem justificado. Ainda mais porque é importante, assim como vários problemas que passam pelo nosso caminho, oferecer o suporte e a noção de que essas famílias não estão sozinhas também ajudam a revitalizar a esperança dos pais.

Tentando trazer luz ao assunto, alguns profissionais se dedicam a representar essa vitória de maneiras especiais. Exemplo disso é a mãe e fotógrafa americana Alex Bolen, que criou ensaios fotográficos lindos dedicados aos bebês arco-íris e reuniu diversas mães para fazê-lo.  Isso, inclusive juntou em apenas um post nas redes sociais centenas de comentários de outras famílias que tinham a sua própria história – e seus próprios bebês arco-íris e decidiram compartilhá-la (Como pode ser visto neste post).

Outro relato semelhante, mas que nesse caso foi vivido pela própria profissional, foi o da fotógrafa Ann-Marie Finn. Que após dois abortos espontâneos em um período de três anos, deu à luz a um bebê arco-íris após várias tentativas de fertilização devido ao seu quadro médico.

LEIA MAISComo engravidar mesmo tendo um ciclo menstrual irregular?

A fotógrafa, em entrevista ao site americano Love What Matters, fala que mesmo em meio a sofrimento de estar começando um novo negócio e descobrir que teria dificuldades de engravidar sem tratamentos de fertilização, tinha um desejo intenso de aumentar a família com um novo bebê.

A isso, ela dedicou inclusive parte da sua carreira, fazendo ensaios dedicados aos bebês arco-íris mesmo que, por vezes, fosse difícil já que ela mesma queria um filho próprio. Mesmo após dois momentos tristes em sua vida, a fotógrafa não desistiu, e em sua terceira tentativa foi capaz de dar à luz ao seu bebê arco-íris.


O que achou do tema? Você já sabia o que significava o termo bebê arco-íris? Também tem a sua própria história para contar? Comente no post e compartilhe para as pessoas que acredita que gostariam de saber mais sobre esse e vários outros temas focados em gestação e cuidados com o seu bebê!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você