[ editar artigo]

Tudo o que você precisa saber sobre como é a primeira consulta com o pediatra

Tudo o que você precisa saber sobre como é a primeira consulta com o pediatra

Proteger e cuidar da saúde das crianças não é uma tarefa exclusiva dos pais. O médico pediatra é um parceiro na evolução da vida do seu filho. E sua orientação é importante para cuidar da saúde em todos os seus aspectos: alimentação, comportamento, doenças e, sobretudo, prevenção. Por isso, as consultas devem ocorrer desde cedo!

Esta visita inicial é de extrema importância, pois além de mensurar o desenvolvimento do pequeno, o médico irá orientar os pais sobre os cuidados e tirar as dúvidas mais comuns nessa fase tão cheia de desafios. Pode soar intimidador, mas é muito mais fácil do que parece. Confira nossa lista e fique mais confiante para marcar a primeira ida do seu pequeno ao pediatra!

Como escolher o médico certo?

É muito importante estabelecer uma relação de confiança com o profissional que irá cuidar do seu filho. Para isso, é recomendado que o primeiro encontro com o pediatra seja ainda no final da gravidez, a partir de 32ª semana de gestação.

Assim, médico, mãe e pai se conhecem antes mesmo de o bebê nascer. Esta consulta proporciona a chance do pediatra checar os exames realizados no pré-natal, além de estabelecer um laço de segurança maior com a família.

Na hora de escolher o profissional, normalmente damos preferência a indicações de amigos e familiares. Mas lembre-se: nada substitui a consulta real! O pediatra ótimo para a sua irmã pode não ser ótimo para você.

Os pais precisam simpatizar com o médico, conversar, e ter o bom e velho “olho no olho”, para decidir se aquela pessoa realmente fará parte do crescimento do seu filho. Além da empatia, considere a distância entre o consultório e sua casa e a disponibilidade do pediatra!

Quando marcar a primeira consulta?

É indicado marcar entre os 7 e 10 dias de vida, ou seja, em geral no máximo uma semana após a saída do hospital ou maternidade.

O que esperar deste momento?

É uma consulta longa e muito importante. O pediatra irá querer saber tudo sobre os pais da criança. Conhecendo o contexto da gestação e um pouco do casal, chegará a hora de falar do histórico de saúde das famílias - indispensável.

Do passado para o presente, preparem-se para um detalhado questionário: será perguntado sobre os dados do parto, a amamentação, o sono, as funções fisiológicas, o cuidado com o coto umbilical, a carteira de vacina, o banho de sol, o suplemento vitamínico, e muito mais!

No exame físico, o médico tirará as medidas antropométricas como peso, comprimento, circunferência cefálica, torácica e abdominal, para avaliar cada segmento da criança.

Como se preparar?

Anotar as perguntas a fazer ao médico é muito útil para você não esquecer nada, nem aquelas dúvidas que podem parecer bobas. As perguntas dos pais são tão importantes quanto a própria avaliação física, já que servirão para ajudar nas tarefas da maternidade e paternidade, permitindo que todos atuem da forma mais correta e segura para com o seu bebê.

Perguntas comuns neste primeiro encontro:

  • Quais vacinas meu bebê precisa tomar? E para que servem?

  • Existe algum cuidado específico com a higiene do bebê? Como realizar?

  • Qual a melhor posição para amamentar? Como sei se o bebê está satisfeito?

  • O processo de queda do umbigo leva quanto tempo? Quais os cuidados necessários?

  • Não sei como lidar com as cólicas do bebê. Como devo agir?

BÔNUS

É indicado que o bebê visite o pediatra com frequência mensal até completar um ano de idade. A partir daí, a indicação é que o acompanhamento seja, no mínimo, trimestral!

Agora que você já sabe como é a primeira consulta com o pediatra, aproveite e descubra quais são os erros mais comuns na hora de montar o quarto do bebê


 

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você