[ editar artigo]

10 mitos e verdades sobre a gravidez

10 mitos e verdades sobre a gravidez

A gravidez é um momento único! 9 meses cheios de significado, sentimentos, histórias e sensações que só serão vividas e sentidas plenamente por uma pessoa: a mamãe. Neste turbilhão de emoções, é esperado que diversas dúvidas sobre a gravidez apareçam! Família e amigos sempre tentam ajudar, e acabam dando conselhos que mais parecem simpatias antigas! “No que devo acreditar? Onde vou procurar respostas?”

Para sanar questões importantes, listamos 10 mitos e verdades sobre gravidez que merecem um olhar mais atento! Confira:

1.O primeiro trimestre é sempre o mais delicado

VERDADE: É no primeiro trimestre de gravidez que ocorre a formação dos órgãos do feto. De 10 a 15% das mulheres sofrem aborto espontâneo até a 12ª semana de gestação – decorrente, justamente, de malformações do embrião. Por isso, há um especial cuidado em se evitar medicações, bebidas, alguns exames de imagem e afins.

2. Grávida não pode pintar o cabelo

MEIA VERDADE: Este tema é muito controverso! Comprovadamente, é verdade que, em doses muito altas, alguns dos componentes químicos das tinturas podem aumentar o risco de malformação e a ocorrência de câncer em roedores. Mas, em humanos, no entanto, não existe comprovação dos mesmos efeitos. Tanto que o Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas libera a pintura de cabelo após o primeiro trimestre. O receio de que a química da tinta seja tóxica para o bebê é tanto que a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia só recomenda o uso de tonalizantes ou tintura sem amônia, e após o terceiro mês de gestação!

3. A gestante deve deitar sobre o seu lado esquerdo para dormir

VERDADE: Ao deitar-se sobre o lado direito do corpo, a veia cava é comprimida. Isso faz com que a pessoa sinta um mal-estar e a pressão arterial elevada, o que, no caso de uma gestante, além de ser desconfortável, pode ser prejudicial à saúde do bebê. Deitar-se sobre o lado esquerdo evita a hipertensão gestacional!

4. Mulher grávida deve comer por dois

MITO: Óbvio que não é momento de fazer dieta, mas o ganho de peso durante a gestação precisa ser saudável e coerente para contribuir com o bom desenvolvimento da criança.

Se você tem um peso considerado normal (IMC entre 18,5 e 25), ao ficar grávida, poderá colocar na conta do bebê apenas mais 300 calorias por dia. Seguindo este parâmetro o ganho de peso recomendado ficaria entre 11 e 16 kg. Isso é extremamente importante para a sua saúde e do bebê durante a gravidez.

Mulheres que engordam muito têm maior risco de desenvolver hipertensão e diabete gestacional, além de complicações durante o parto. Uma sugestão da Alô Bebê: se estiver insegura neste quesito, fale com seu médico e peça a indicação de um nutricionista especializado. Ele te acompanhará desde o primeiro mês e te dará todas as orientações.

5. Grávidas podem apresentar alterações na visão

VERDADE: As alterações ocorrem por causa da variação hormonal típicas da gestação. As mais comuns são: desconforto ao usar lentes de contato, olhos secos, aumento do grau e maior sensibilidade à luz. Vale ressaltar que todas são temporárias e devem desaparecer depois do fim da gestação (ufaaa)!

6. Grávida não pode andar de avião

MITO: Em gravidez sem risco, não há evidências de que as mudanças na pressão ou no aumento da radiação, tenham efeito nocivo sobre a gestante ou o seu bebê. É importante frisar que mulheres grávidas podem sentir mais desconforto em viagens longas de avião, já que têm mais tendência a ficarem nauseadas, com as pernas inchadas e com o nariz e ouvidos tampados.

Agora, em gravidez com complicações, existe a chance de se desenvolver trombose venosa, causada por coágulos que podem alcançar os pulmões, e por isso o obstetra pode recomendar o uso de meias de compressão ou mesmo contraindicar voos muito longos.

Já no período final de gestação, o parto pode ocorrer a qualquer momento. Como ninguém sonha em ter o filho nas alturas, é aconselhado evitar viagens de avião depois das 37 semanas de gestação.

7. Ficar muito tempo em jejum piora os enjoos

VERDADE: Estômago vazio produz mais substâncias ácidas, que intensificam enjoos e azia na gestação. Sem contar que ele aumenta o risco de uma crise de hipoglicemia (baixa no índice de glicose no sangue), que pode levar a grávida a sentir tonturas, ter calafrios, suar intensamente e até prejudicar o bebê.

8. A penetração durante o sexo machuca o bebê

MITO: Fisiologicamente, não existem motivos para se preocupar. O feto está protegido dentro do útero. Esse órgão fica "lacrado" com uma espécie de rolha para evitar que micro-organismos invadam o ambiente. Interromper as relações sexuais é necessário se o médico identificar riscos de aborto, parto prematuro ou outras complicações.

9. Gestante não pode praticar exercícios físicos

MITO: As grávidas devem sim manter uma rotina adequada de exercícios físicos. Claro que o tipo de atividade que você deve fazer depende do seu condicionamento físico. Mas é só marcar uma avaliação médica e não exagerar no impacto da atividade escolhida. Bom-senso é a palavra-chave. Caminhadas e hidroginástica são muito recomendadas para gestantes, que tal? Aulas em grupo são ótimas para socializar, distrair e, quem sabe, conhecer outras futuras mamães!

10. Grávidas devem evitar banho quente de imersão

VERDADE: Curioso, porém verdadeiro! Estudos comprovam que passar a temperatura corporal de 38º C, no primeiro trimestre de gravidez, aumenta o risco de malformação do feto. Isso pode facilmente acontecer em demorados banhos quentes e terapias de ofurôs! Claro que não é para ficar longe desses lugares durante toda a gestação, mas é necessário ficar de olho na temperatura. Se a água estiver apenas morna, em torno dos 30º C, não há com o que se preocupar!

BÔNUS: Grávida não pode passar vontade senão a criança nasce com a cara desta comida/alimento

MITO. É apenas uma superstição divertida, apesar das vontades alimentares repentinas realmente existirem! Segundo estudos, essa fome súbita pode ser reflexo de uma carência nutritiva. Mas não causa nenhum reflexo físico no bebê. (AINDA BEM!)

E você, conhece mais algum mito ou verdade da gravidez? Tem alguma história sobre eles? Aproveite aqui a área de comentários e compartilhe com outras mamães! 
 

TAGS gravidez
Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você