{{ warning.message }} Ver detalhes
Post
Link
Pergunta
Aprenda a estimular o bebê ainda na barriga
[editar artigo]

Aprenda a estimular o bebê ainda na barriga

Não é exagero nenhum começar a construir o vínculo com seu filho ainda antes do nascimento. Essa relação, bem afinada e amarrada, se manterá assim depois do parto e a sensação de que vocês dois são velhos conhecidos vai aparecer e se fortalecer ainda mais.

Se você pensa que é impossível, saiba que a partir da 20ª semana de gravidez o neném já consegue sentir o mundo lá fora. Claro que de uma maneira ainda muito rudimentar, mas consegue. Depois da 30ª semana ele pode até interagir. Aí é segurar a emoção, porque é bom demais.

Como a gente sabe que ele está mesmo reagindo aos estímulos?

Desde a 20ª semana, os impulsos elétricos que comandam o cérebro já estão em pleno funcionamento. Por isso o bebê aprende. Para dar uma ideia, nessa fase, ele já consegue ouvir vozes, abrir e fechar os olhos, engolir líquido amniótico e sentir uma lembrança do gosto do que a mãe comeu.

Ele também brinca com o cordão umbilical, chupa dedos, abre e fecha a boca e têm soluços. Bastante coisa. Para estimular o bebê na barriga, a mãe não precisa inventar muito.

Cante e fale

O bebê ouve a voz da mãe por dentro do corpo. Quanto mais ouvir, mais vai se acostumar e se entregar àquela voz quando nascer. Cantar é divertido, mexe o corpo e acelera os batimentos cardíacos. O bebê sente e reage afinando as batidas do seu coração com o da mãe. Se a música for lenta e emocionante, o bebê se acalma junto com a mãe e adormece.

Converse com seu filho normalmente e leia em voz alta. Ele adora sua voz e vai adorar mais ainda quando nascer, porque já vai conhecer aquela velha companheira.

Som na caixa

Ouça suas músicas preferidas bem alto — ou com um fone grande encostado na barriga. Você se diverte, o bebê se diverte junto, e já nasce com um gosto musical parecido com o da família. Ou seja, mais um para o grupo! Acredite, o bebê reconhece essas canções depois de nascer e chega a se emocionar.

Cafuné

Seja no banho, seja na hidratação, seja quando estiver sem fazer nada, acaricie sua barriga. Faça carinho, gire a mão para um lado e para o outro. Em algumas semanas, quando o bebê posicionar a mão, o pé, ou o joelho numa região da barriga, cutuque esse ponto. Ele vai responder se mexendo, saindo dali, ou chutando mais forte.

Riso frouxo

Quando você ri, movimenta a barriga de maneira ritimada, vale como uma boa brincadeira para estimular o bebê na barriga.

Prato cheio

Coma alimentos diferentes, mas um de cada vez, e vá ensinando para o seu filho o gosto, o paladar e o prazer de cada prato, de cada ingrediente. Quando ele já estiver comendo, vai lembrar dessas sessões de degustação e vai se divertir.

Soneca

Dormir é uma boa maneira de estimular o bebê na barriga. Quando a mãe dorme, ensina o filho a dormir. Logo ele vai entender que há momentos de agitação (dia) e de sossego (noite).

A maternidade não cai do céu como um milagre. É uma relação construída com pequenas e grandes atitudes. Como essas que sugerimos aqui.

E você, tem estimulou ou estimula o bebê na barriga? Compartilhe aqui nos comentários as dicas, quem sabe uma mamãe não está precisando de ajuda também, não é?

Alô Bebê

Alô Bebê

Redação - Alô Bebê

Fique informado sobre as novidades da comunidade
Cadastre-se aqui
Gostou desse artigo? Escreva o seu também!
Nova publicação

Artigos relacionados

Continue lendo!

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso
aos conteúdos exclusivos.

Entrar